Bolsonaro cumpre promessa e sanciona Lei do Abuso de Autoridade com vetos

Presidente havia anunciado que sancionaria texto com vetos.

A polemica Lei do Abuso de Autoridade foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (5), com vetos a 36 dos 108 dispositivos aprovados pelo Congresso.

Os 36 itens vetados estão contidos em 19 artigos e foram apontados como ameaça a atuação de procuradores, juízes e policiais.

Bolsonaro seguiu as orientações dos ministros da Justiça e Segurança Pública, Advocacia-Geral da União (AGU) e Controladoria-Geral da União (CGU).

Na quarta ele havia prometido atender as orientações dos ministros, vetando os pontos considerados sensíveis na lei e que inviabilizariam o combate a corrupção.

O presidente da República esperou a data-limite para sancionar o projeto integralmente ou apresentar vetos, após ter ouvido as críticas e buscado orientação dos ministros.

Agora os pontos vetados seguirão para o Congresso Nacional, que poderá derrubar os vetos do presidente em votações no Senado e na Câmara.

Com informações do Gospelprime

About the author

Related