Domingo, 25 de Julho de 2021
71 99238-9495
Cotidiano Covid 19

Covid-19: Bahia registra queda em casos ativos e na taxa de ocupação das UTIs, diz Sesab

Os casos ativos recuaram de 12.719 na quinta para 12.198 nesta sexta.

18/12/2020 21h41
50
Por: Carlos Sobrinho Fonte: BN
Covid-19: Bahia registra queda em casos ativos e na taxa de ocupação das UTIs, diz Sesab

A Bahia registrou uma pequena queda nos casos ativos da Covid-19 e na taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva reservados para o tratamento da doença, conforme o boletim epidemiológico publicado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) nesta sexta-feira (18).

Os casos ativos recuaram de 12.719 na quinta para 12.198 nesta sexta. O número, porém, que tinha chegado na faixa dos 5 mil em outubro, foi subindo em novembro e, nos primeiros 18 dias de dezembro, se estabiliza no nível que era observado em agosto.

Salvador é a cidade do estado com mais pessoas contaminadas neste momento, com 1.994. Vitória da Conquista está isolada em segundo, com 529. Itabuna (275), Feira de Santana (249), Jacobina (242), Ilhéus, (222), Seabra (207), Irecê (176) e Jequié (163) e Lauro de Freiras (133) completam a lista dos 10 municípios baianos com mais casos ativos da Covid-19.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI reservados para o tratamento de adultos contaminados reduziu de 77% na quinta para 75% nesta sexta, segundo a Sesab. A região nordeste do estado, com unidades concentradas em Alagoinhas, tem o maior percentual de vagas ocupadas, com 88%.

O sul também preocupa, com taxa de ocupação de 85%. Jequié, que integra a região, tem 97% dos leitos de UTI para adultos ocupados.

As regiões centro-leste (82%), onde fica Feira de Santana; extremo-sul (82%), inclui Eunápolis, Porto Seguro e Teixeira de Freitas; e sudoeste (76%), com leitos contratados em Vitória da Conquista, também puxam a média de ocupação das UTIs no estado para cima.

ACUMULADO

Com 3.057 novos casos e 28 óbitos nas últimas 24 horas, a Bahia alcançou a marca de 464.083 casos confirmados e 8.748 mortes desde o início da pandemia, que teve o primeiro registro no estado no dia 6 de março, em Feira de Santana.

 

Entre as 28 mortes registradas no boletim da Sesab desta sexta, 24 ocorreram em dezembro. As outras quatro são notificações atrasadas, datadas de 15 de abril, 20 de maio, 27 de novembro e 28 de novembro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias