Domingo, 25 de Julho de 2021
71 99238-9495
Mundo Cristão Opinião

“As pessoas não voltam para Deus nos bons tempos”, diz Rick Warren

Líder da Saddleback falou sobre desafio da pandemia.

31/12/2020 09h22
59
Por: Carlos Sobrinho Fonte: Gospel Prime
“As pessoas não voltam para Deus nos bons tempos”, diz Rick Warren

O pastor da Igreja Saddleback, na Califórnia, Rick Warren, expôs a sua retrospectiva sobre o ano de 2020, e discutiu sobre o papel da igreja em meio a pandemia de coronavírus. Ele é tido como um dos líderes evangélicos mais respeitados nos Estados Unidos.

Para Warren, a pandemia da covid-19 revelou uma fraqueza fundamental na igreja, apontando que algumas igrejas não tem nada além de momentos de louvor. Ele foi questionado sobre como a pandemia poderia estar sendo uma controvérsia para a igreja americana.

Sobre a sua igreja, Saddleback, ele explicou que ela é fundamentada em cinco pilares, se acaso precisar tirar um, ainda sobram quatro. “Temos ministério em andamento. Temos uma missão em andamento. Temos companheirismo acontecendo. Temos discipulado acontecendo. Todos eles estão por conta própria”, afirmou ele.

Warren disse que sua igreja não fechou, pelo contrário, mais de 16 mil pessoas aceitaram a Jesus desde março, pico da pandemia. Ele comentou que por dia cerca de 80 pessoas entregam sua vida a Cristo em sua igreja, enfatizando que vivem um “reavivamento”.

 

Diferentemente de outras igrejas que estão pensando em levar de volta as pessoas para a igreja, eles foram analisando os problemas que foram surgindo com a pandemia e foram sanando esses problemas, um exemplo foi a falta de comida que eles estocaram e distribuíram. 

Cada membro da Igreja de Saddleback foi ensinado e ser um ministro e missionário, assim como testemunhas de Cristo eles compartilhavam a sua fé e falavam do amor de Deus, foi assim que ganharam tantas almas, não com sermões, mas com evangelismo pessoal.

Warren afirmou que a igreja não está sendo discriminada como muitos ministros afirmaram, ele fez uma comparação de outros locais que também foram fechados, como teatros, shows e jogos de futebol, e ainda disse que não arrisca a saúde da congregação.

Na entrevista publicada pela revista Relevant, Warren explica que em relação as divergências políticas atuais, os cristãos carecem de discernimento bíblico, pois estão tomando decisões baseadas em valores políticos, e revelam atitudes hipócritas em muitos casos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias