Domingo, 24 de Outubro de 2021
27°

Nuvens esparsas

Salvador - BA

Dólar
R$ 5,65
Euro
R$ 6,58
Peso Arg.
R$ 0,06
Mundo Cristão Celebração

Museu da Assembleia de Deus é inaugurado em Belém do Pará em comemoração a seus 110 anos

O espaço reúne peças que marcaram os mais de um século de história da igreja pentecostal no Brasil e já está aberto para visitação.

21/06/2021 às 13h47
Por: Carlos Sobrinho Fonte: Com informações do Guiame
Compartilhe:
Comemorando seus 110 anos, a AD em Belém do Pará inaugurou o novo Museu da Assembleia de Deus. (Foto: Divulgação).
Comemorando seus 110 anos, a AD em Belém do Pará inaugurou o novo Museu da Assembleia de Deus. (Foto: Divulgação).

O novo museu da Assembleia de Deus foi inaugurado no ultimo sábado (19), em Belém do Pará (PA), como parte das comemorações do aniversário dos 110 anos da Assembleia de Deus, fundada na cidade pelos missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren.

O evento de inauguração contou com uma restituição teatral da chegada dos pioneiros ao Brasil, no Porto de Belém. Os participantes do evento estavam vestidos com roupas da época da fundação da igreja, como uma forma de homenagear a história da denominação pentecostal.

Localizado anteriormente no bairro da Campina, de 2011 a 2020, o museu da AD foi transferido para o bairro Nazaré num prédio histórico, que foi revitalizado. O espaço reúne peças que marcaram os mais de um século de história da igreja pentecostal no Brasil e já está aberto para visitação.

Entre as peças históricas, estão documentos, livros, instrumentos musicais, objetos pessoais, pinturas e fotografias numa linha de tempo da denominação em Belém do Pará, no Brasil e no exterior. O Museu conta também com materiais doados pela família dos pioneiros.

Segundo o pastor Philipe Câmara, um dos líderes da AD no Pará, além de preservar a história da denominação pentecostal, o museu propõe a reflexão sobre a importância de valorizar e se inspirar no passado para construir o futuro.

“Um dos segredos de uma igreja grande é preservar sua história e identidade, sem deixar de apontar para frente. Um povo sem história é um povo sem identidade. A geração mais nova deve conhecer de onde viemos e nossas origens, até no sentido de se orgulhar do que Deus fez. Em um local simples como o nosso, dois estrangeiros de 27 e 24 anos sem saber o idioma e sem dinheiro no bolso, construíram uma igreja com mais de 27 milhões de membros", afirmou, em entrevista ao O Liberal. 

Acervo

O acervo do museu conta com peças históricas da época dos pioneiros. Como os baús dos missionários Samuel Nyström e Nels Nelson, jarra litúrgicas raras utilizadas em cerimoniais, exemplares das primeiras revistas da Escola Bíblica Dominical, e o contrabaixo acústico da primeira orquestra da Assembleia de Deus em terras brasileiras.

No museu está também a primeira edição da partitura da Harpa Cristã, o hinário oficial das Assembleias de Deus no Brasil, lançado em 1922, inicialmente organizado pelo missionário Samuel Nyström e posteriormente traduzido e editado pelo pastor Paulo Leivas Macalão.

Também faz parte do acervo, a bússola do barco Boas Novas, doado em 1914 por um fazendeiro no Marajó, local onde foi estabelecido o primeiro trabalho evangelístico itinerante de Daniel Berg, após chegar em Belém. O barco foi o primeiro veículo usado pela Assembleia de Deus no Brasil para evangelização. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias