Domingo, 24 de Outubro de 2021
27°

Nuvens esparsas

Salvador - BA

Dólar
R$ 5,65
Euro
R$ 6,58
Peso Arg.
R$ 0,06
Cotidiano Mundo

Menores terão acesso a bloqueadores de puberdade sem consentimento dos pais

Tribunal do Reino Unido aprovou o uso de bloqueadores hormonais sem consentimento dos pais para crianças com menos de 16 anos.

27/09/2021 às 08h12
Por: Carlos Sobrinho Fonte: Gospel Prime
Compartilhe:
Menores terão acesso a bloqueadores de puberdade sem consentimento dos pais

O Tribunal de Apelação do Reino Unido decidiu que caberá aos médicos decidir a prescrição de bloqueadores da puberdade para crianças menores de 16 anos, sem o consentimento dos pais.

A decisão anula a decisão da Suprema Corte do ano passado, que afirmava que uma criança menor de 16 anos só pode consentir com o uso de medicamentos destinados a suprimir a puberdade quando entende as consequências imediatas e a longo prazo do tratamento, as evidências limitadas disponíveis quanto à sua eficácia ou propósito, e potenciais consequências de mudança de vida.

De acordo com Evangelical Focus, essa decisão foi apelada pela Tavistock e pela Portman NHS Foundation Trust, que administra a única clínica no Reino Unido para tratar jovens com disforia de gênero.

“É altamente improvável que uma criança de 13 anos ou menos seja competente para consentir a administração de bloqueadores da puberdade. É dúbio que uma criança de 14 ou 15 anos possa entender e pesar os riscos e consequências a longo prazo”, concluiu a Suprema Corte.

 

No entanto, o novo acordo afirmou que a Suprema Corte não está em posição de generalizar a capacidade de entendimento das pessoas de diferentes idades sobre o que é necessário para que sejam competentes para consentir a administração dos bloqueadores da puberdade.

A política do Serviço Nacional de Saúde (NHS) afirma que pouco se sabe sobre os efeitos colaterais a longo prazo dos bloqueadores hormonais ou de puberdade em crianças, e, também não se sabe se os bloqueadores hormonais afetam o desenvolvimento do cérebro adolescente ou dos ossos das crianças.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias